• Revista Vidi #1

Eslovênia: verde, criativa e inteligente


A Eslovênia é um lugar perfeito para histórias de sucesso corporativo. Localizada na intersecção de pulsantes rotas comerciais e de transporte e com seu amplo crescimento econômico de cerca de 4% em 2019, o sentimento econômico permanece positivo à medida que os investimentos privados e públicos aumentam e os consumidores continuam a gastar graças a condições de financiamento favoráveis. O financiamento da UE ajudará os projetos de investimento público e a construção de empreendimentos residenciais e comerciais está em ascensão. Espera-se que a inflação geral fique abaixo

de 2% este ano. Além disso, podemos esperar as exportações como força motriz do crescimento econômico do país.


O que torna então a Eslovênia tão especial para se fazer negócios e investir? A lista de suas vantagens é bem longa, mas acreditamos que o que mais importa no século 21 pode ser resumido em três palavras: VERDE. CRIATIVO. INTELIGENTE. “Eslovênia verde”. A Eslovênia está se promovendo com a marca “I FEEL SLOVENIA, a qual expressa um equilíbrio entre a natureza e a diligência dos eslovenos; fala de natureza intocada e da vontade de preservá-la. Pensar verde significa se esforçar para alcançar os marcos da economia circular e redirecionar os negócios para a nova era. Especialmente num país que cerca de 60% de sua área territorial é coberta por florestas.


A economia circular é uma das prioridades estratégicas da Eslovênia e está intimamente ligada aos objetivos de desenvolvimento sustentável da Agenda 2030 ONU, além de fazer parte de documentos de planejamento chaves do país, e ter como objetivo principal a melhoria da qualidade de vida para todos.


Utilizar recursos com mais eficiência, reduzir o desperdício e permitir que os clientes façam escolhas mais ecológicas são passos na direção certa. Tornar a nossa economia mais competitiva começa com um pensamento progressivo de vanguarda e leva à transformação, reengenharia, reposicionamento e re-treinamento dos funcionários

quando necessário. São o conhecimento e as habilidades das empresas eslovenas nas áreas de indústria automotiva, engenharia elétrica e eletrônica, engenharia de máquinas, produtos químicos, farmacêuticos, tecnologia de saúde - mencionando apenas alguns - que podem ser um recurso valioso para os pensadores livres em empresas iniciantes na vanguarda da indústria da era digital. A inteligência artificial e a

robótica como impulsionadores do desenvolvimento econômico, mas também dos setores cultural e criativo, são igualmente importantes para o crescimento corporativo e pessoal, bem como para estabilidade política e econômica.


No contexto da economia verde, a Eslovênia atingiu um dos níveis mais elevados no grupo dos países mais proeminentes em iniciativas verdes, especialmente com a escolha de Liubliana como capital verde europeia de 2016. A quantidade de

soluções econômicas e inovadoras que tem ocorrido desde o início do século é surpreendente, desde mudanças drásticas no tráfego a soluções para redução de desperdício, além da promoção ao ecoturismo. Em todo o país, ideias verdes para

impulsionar a economia florescem todos os dias. A Eslovênia tem até este momento 9 municípios com certificado de resíduo zero ( 17% da população) que, em conjunto, já

evitaram a produção de ao menos 15.750 toneladas de resíduos mistos, poupando assim 3 milhões de euros.




Resíduo zero


A organização não governamental sem fins lucrativos, Zero Waste, encontrou solo fértil na Eslovênia para desenvolver sua filosofia de redução de resíduos aplicada juntamente com crescimento econômico sustentável. Uma das iniciativas mais notáveis para reduzir a quantidade de resíduos na Eslovênia ocorre em um empreendimento turístico localizado numa das mais belas paisagens do país, cidade de Bled, trata-se do Hotel Ribno Bled.


Em maio de 2018, o Hotel Ribno recebeu oficialmente o título de Hotel resíduo zero, o primeiro no país. Após dois anos intensivos de medidas de redução e separação de resíduos, conseguiu-se alcançar uma taxa de coleta seletiva de 92%, atendendo também à exigência internacional para obter o título de resíduo zero. A secretária de Estado do Ministério de Desenvolvimento Econômico e Tecnologia, Sra. Eva Štravs Podlogar, também apoia as primeiras medidas de resíduo zero em hotéis eslovenos: “A Estratégia para o turismo na Eslovênia prega que nossa terra é um país verde, ativo e saudável para experiências de 5 estrelas. Hoje testemunhamos isso se tornando realidade. ” O Hotel Ribno tornou-se, assim, um modelo e incentivo para todas as acomodações eslovenas.


O município de Bled (com uma população de 8.171 pessoas) é um dos destinos turísticos mais famosos e populares da Eslovênia, a nível nacional e internacional, localizada no sopé dos Alpes Julianos, nas pitorescas margens do Lago Bled. No início de 2015, Bled tornou-se o 7º município esloveno a entrar no caminho para o Resíduo Zero.

Juntamente com o Hotel Ribno há também três grandes eventos culturais no país (Jurjevanje v Beli Krajini, Art Kamp, festival (Z)mešani) no caminho para o desperdício zero - um deles, (Z)mešani festival, cumpriu a exigência internacional para obter um título de resíduo zero, pois atingiu-se a taxa de coleta seletiva de 95% e produziu-se apenas 5 kg de resíduos mistos durante os 6 dias do festival cultural.


Juntamente com o Hotel Ribno há também três grandes eventos culturais no país (Jurjevanje v Beli Krajini, Art Kamp, festival (Z)mešani) no caminho para o desperdício zero - um deles, (Z)mešani festival, cumpriu a exigência internacional para obter um título de resíduo zero, pois atingiu-se a taxa de coleta seletiva de 95% e produziu-se apenas 5 kg de resíduos mistos durante os 6 dias do festival cultural.


Transporte verde e cidades inteligentes


A capital eslovena, Liubliana, assumiu a liderança em sustentabilidade como uma das cidades mais amigáveis para pedestres do mundo, além de ser uma Smart City - Cidade inteligente. Desde o final da última década, praticamente todo o núcleo compacto de Liubliana é essencialmente livre de carros. Somente pedestres, bicicletas e ônibus são permitidos, e em um trecho estes trafegam na velocidade máxima de 20km/h; temia-se no início desta medida que ao comércio local fosse prejudicado, o que nunca chegou a acontecer. Muito pelo contrário, os negócios e o turismo aumentaram no centro histórico da cidade. Se você mora no centro ou quer dirigir por lá, precisa estacionar seu veículo em uma garagem subterrânea do lado de fora da área livre de carros e caminhar até lá.


Para quem está chegando de outras cidades há também a possibilidade de adquirir um passe de ônibus gratuitamente ao deixar o veículo estacionado em um dos estacionamentos localizados na maioria das entradas da cidade. Em Liubliana há um trem turístico elétrico urbano usado por visitantes locais e estrangeiros na cidade, adaptado para pessoas com mobilidade reduzida, em uma experiência divertida, educacional e ecologicamente correta. Para fins turísticos, um belo passeio no rio Ljubljanica com barcos a motor elétricos também está disponível. Uma terceira opção é o Kavalir, um carro nos moldes de veículos de golfe, os quais focam no transporte de pessoas com mobilidade reduzida. Uma grande parte da frota de ônibus em Liubliana é abastecida por metanol. Esta iniciativa teve início em 2011, quando o Sistema de Transporte de Passageiros de Liubliana comprou 20 ônibus com co-financiamento do fundo da UE.


Para impulsionar também o uso de combustíveis mais limpos com automóveis particulares, foi inaugurado nesta mesma época um posto que oferece gás natural comprimido. O compartilhamento de veículos é hoje uma forte tendência que está a ser difundida na capital eslovena, assim como em várias outras cidades do país. Sistemas de bicicletas e carros compartilhados estão sendo implementados.




O BicikeLJ é o sistema de compartilhamento de bicicletas de Liubliana e suas estações consistem em um terminal principal e estandes individuais aos quais as bicicletas estão conectadas. Localizado em áreas residenciais e comerciais movimentadas e perto de transportes públicos. A subscrição semanal custa apenas 1 euro e permite uma utilização ilimitada, permitindo ao usuário recolher e devolver quantas vezes desejar

durante esse período de tempo. E todo o procedimento é gerenciado por meio de um aplicativo. Avant2go é uma das empresas que oferece um serviço de compartilhamento de carros elétricos. Ele disponibiliza várias estações de coleta e entrega, localizadas em

muitas cidades da Eslovênia, onde o cliente pode facilmente alugar um carro, através do aplicativo da empresa, sem a necessidade de se preocupar com lugares de estacionamento. Além disso, o cliente pode conferir antes no aplicativo onde há carros disponíveis e ver os modelos a escolha. O único requisito é um registo prévio e os preços são a partir de 5 centavos de euro por minuto durante o dia e 1 centavo por minuto durante a noite. Taxas de combustível, seguro e estacionamento estão incluídas no preço. Além da redução da circulação de carros na rua, você só usa quando precisa e o carro pode ser usado por outras pessoas no dia, há também a redução de emissão de poluentes ao dirigir uma frota movida a energia limpa



As cidades de Novo mesto e Murska Sobota, assim como Liubliana, também se destacam como cidades inteligentes, pois as três sediam as instalações da BTC Company, um empreendimento comer-cial que começou na década de 1950 como um centro de armazenagem e distribuição de produtos e evoluiu para uma grande estrutura formada por centros comerciais, operações logísticas e instalações

integradas de empresas. A BTC confere atenção especial ao tratamento de resíduos; às embalagens; à proteção às águas e ao ar e ao consumo racional de energia. Dentre os marcos verdes estão a produção de energia proveniente de fontes renováveis; a economia de energia pelo uso eficiente; a redução de emissões de dióxido de carbono e redução para 5,9% de desperdício de água. Este último dado foi alcançado graças a um sistema digital inteligente que rapidamente detecta a perda de água e que monitora regularmente o seu consumo. BTC City está se transformando em uma genuína cidade BITCOIN e será a primeira desse tipo no mundo a oferecer a seus visitantes, consumidores e parceiros de negócios um ambiente que desenvolverá e integrará tecnologias avançadas baseadas em abordagens de ponta, como blockchain, IA - (inteligência artificial), VR (realidade virtual) e etc. A BITCOIN City permitirá que todos os visitantes paguem pelos serviços e produtos na área da cidade BTC com cripto moedas específicas. Também fornecerá caixas eletrônicos de última geração, garantindo uma conversão de mão dupla entre cripto moedas e euro.



Máquinas de venda automática - economia de plástico e vidro


Há máquinas de venda automática de leite situadas em várias cidades eslovenas, com o objetivo de fornecer leite fresco diretamente dos produtores locais, reduzindo a produção de resíduos, pois cada comprador traz seu próprio recipiente..

Além do leite há também máquinas de vendas que oferecem detergentes, xampus e vários tipos de vinagre e óleo para os clientes que trazem seus próprios recipientes, a máquina em si é feita de garrafas plásticas usadas, transmitindo a mensagem de que com a compra prudente podemos evitar a criação de novos resíduos. Certamente uma das iniciativas mais populares de redução de vidros e plásticos é a fonte de cerveja inaugurada em 2016 na cidade de Žalec. A fonte, que está localizada no centro da cidade ao lado do mercado tem um design semicircular, simbolizando uma flor de lúpulo, com oito torneiras de diferentes cervejas. Os consumidores pagam 6 euros por uma caneca com um microchip especial que lhes permite retirar até cinco porções de 100 ml de cerveja.


Potencial em iniciativas verdes


Química e Farmacêutica


A indústria química e farmacêutica eslovena é um das principais exportadoras do país. As duas principais empresas farmacêuticas, Krka e Lek, estão entre as maiores e mais rentáveis empresas do país. A base de seu sucesso: foco em medicamentos genéricos e forte P&D (pesquisa e desenvolvimento), cooperando estreitamente com as principais

instituições científicas do país. O pano de fundo para o sucesso de ambas as empresas farmacêuticas eslovenas é uma forte pesquisa acadêmica, realizada pelos dois principais institutos do país (Instituto Jožef Štefan e o Instituto Nacional de Química) e da Universidade de Liubliana. Ambos os institutos focam na bioquímica e na biotecnologia e trabalham lado a lado com a indústria. A forte pesquisa acadêmica também é terreno fértil para pequenas empresas inovadoras – e para investimentos estrangeiros. A Biogen Slovenia, por exemplo, é uma empresa filha da empresa líder mundial em Biotecnologia, Biogen, e desenvolve medicina para ajudar pessoas com esclerose múltipla.


Tecnologias da computação e robótica


A inteligência artificial é sem sombra de dúvidas uma das áreas mais, senão a mais, emocionantes da ciência da computação. O Instituto Esloveno Jožef Štefan (IJS) desempenha um papel importante neste campo da pesquisa acadêmica com aplicações práticas de longo alcance. O departamento de IA - inteligência artificial - do Instituto, liderado pela Dra. Dunja Mladenić, permanece desconhecido para o público em geral, mesmo na Eslovênia, mas as suas soluções de mineração de dados foram utilizadas por gigantes da mídia global como o New York Times e Bloomberg. O fabricante japonês de robôs Yaskawa, líder mundial na fabricação de robôs industriais, inaugurou no início de abril de 2019 uma nova fábrica de robôs e um novo centro europeu de P&D de robótica industrial na cidade eslovena de Kočevje. Esta fábrica será um completo à capacidade produtiva do Japão e China, atendendo a cerca de 80% da demanda europeia pelos robôs Motoman. Nesta mesma seara vale a pena mencionar o projeto esloveno para estabelecer o Centro Internacional de pesquisa em inteligência artificial sob os auspícios da UNESCO. O objetivo desta iniciativa é fornecer um ambiente aberto e transparente não somente à pesquisa e à discussão da IA, mas também fornecer suporte a todos os stakeholders ao redor do mundo; e também diretrizes e planos de ação para lidar com problemas ligados à IA.


Sementes para o futuro


A educação e o crescimento econômico sustentável andam de mãos dadas. Ao se garantir uma base adequada sobre conscientização ambiental aos alunos é praticamente certo que iniciativas verdes e sustentáveis vão florescer no futuro. Tendo isso em conta, há várias atividades que acontecem a cada ano para envolver crianças e adolescentes. Plantio de árvores e mutirões de limpeza comunitária em ruas e parques são alguns dos bons exemplos seguidos por jovens em todo o país.


Tratamento ecológico de resíduos


O Centro de Gerenciamento Regional de Resíduos de Liubliana - RCERO Ljubljana - é o maior e mais coeso projeto ambiental no país ao integrar 58 municípios, além de ser um dos maiores centros de reciclagem da Europa, ao tratar mais de um terço de todos os resíduos na Eslovênia, possuindo tecnologia sustentável de ponta no processamento de resíduos em instalações para tratamento mecânico de resíduos biológicos. O projeto é um dos melhores exemplos de cooperação regional na Eslovênia devido ao grande número de municípios participantes - representando cerca de um terço da população eslovena.



A RCERO Ljubljana recebe anualmente cerca de 150 mil toneladas de resíduo misto e mais de 20 mil toneladas de resíduos biológicos. O tratamento produz aproximadamente 30 mil toneladas de material reciclável bruto; cerca de 60 mil toneladas de combustível e 7 mil toneladas de adubo anualmente. Após o processamento, menos de 5% dos resíduos são depositados em aterro. As tecnologias utilizadas têm um impacto positivo em termos de contaminações de águas superficiais e subterrâneas e em emissões de gases estufa e de metano e em odores da decomposição de resíduos biodegradáveis. A Eslovênia já lidera os rankings internacionais com uma taxa municipal de reciclagem de resíduos de 55% (dados do Eurostat).


Comprometimento presidencial


O Presidente da República da Eslovênia, Sr. Borut Pahor, participou ativamente no final do mês de março em Nova Iorque, a convite da Presidente da Assembleia Geral da ONU, Sra. María Fernanda Espinosa Garcés, no encontro de alto escalão “Clima e desenvolvimento sustentável para todos”. Na sessão plenária, o Presidente Pahor discursou que os protestos recentes da juventude contra as mudanças climáticas são provas de que as novas gerações entendem por completo os princípios de direito à saúde e a um futuro amigável ao clima e demandam soluções e ações no contexto de

desenvolvimento sustentável. O Presidente ressaltou que os Governos ao redor do mundo devem se dar conta que ainda temos a chance de agir, e que nada é tão importante quanto lidar com as mudanças climáticas. Ele ainda adicionou: “Temos a obrigação de solucionar a crise ligada à poluição do ar e alternar o mais rápido possível para energias renováveis, além de tornar a economia sustentável”. No final do ano passado, o Presidente Pahor também introduziu um novo conceito de debates públicos sobre questões sociais importantes, intitulado de “Aconselhando o Presidente”. Foi justamente a partir da conscientização da importância de proteger o meio ambiente que o primeiro desta série de debates recebeu o título de “Futuro climático – o

mundo e a Eslovênia”. A intenção foi promover uma reflexão sobre o que é possível e o que é necessário fazer com este problema de longo prazo e extremamente atual.




Ecoturismo


A Eslovênia como um destino verde tornou-se uma combinação perfeita para incríveis glamping. O que os torna tão surpreendentes e diferentes de qualquer outro no mundo é a sua singularidade, arquitetura, design e conforto luxuoso combinados com a natureza.


Na Eslovênia há alguns locais para glamping dignos de nota:


• Garden Village Bled: Um charmoso ambiente que se destaca por sua arquitetura extraordinária, um restaurante que parece uma estufa, grama crescendo das mesas e cursos d’água pelo local. É considerado um dos 5 melhores glamping do mundo, com casas de árvore, tendas, lagos de pesca, piscina natural e mais.

• Vinhedo glamping Chateau Ramšak, Maribor: Tendas de glamping situadas em encostas verdes e vinhedos requintados. A propriedade possui sua própria adega com a maior prensa de vinhos da Europa, situada ao lado de uma lagoa romântica e revitalizante.


Hotéis-fazenda


Os hotéis-fazenda eslovenos são uma opção de férias cada vez mais popular, especialmente para casais jovens com crianças que adoram ter a companhia de animais e muito espaço para as crianças correrem e brincarem. Também chamado de agro turismo, os hotéis-fazenda abrangem também uma variedade de acomodações, desde pousadas rústicas até fazendas produtivas. Alguns são bastante luxuosos, com quartos espaçosos e café da manhã caseiro todas as manhãs, já outros oferecem atividades mais práticas, que podem incluir aprender sobre vec, Vale de Logar, Jezersko, Cerkno

e o Parque Nacional Triglav, onde se encontra o pico mais alto e símbolo nacional da Eslovênia, o Monte Triglav, com seus 2.864 m de altura. A Eslovênia é entrecortada por

trilhas. Uma grande variedade de rotas interessantes e diversificadas que entusiasma qualquer um, te levando a conhecer tanto os vales alpinos quanto o misterioso mundo das montanhas. Você também ficará encantado com as idílicas terras altas eslovenas

e com as planícies, e estas trilhas são a melhor maneira de experimentar a paisagem diversificada da Eslovênia, desde os picos de montanha até a costa, planícies e encostas íngremes.



Spas & Bem-estar


A Eslovênia é a terra da água saudável. Suas fontes termais e minerais são uma fonte de saúde e bem-estar. Escolha o spa termal que você deseja visitar nos arredores verdes da planície da Panônia, da região cárstica, dos Alpes ou do Mediterrâneo. Há tratamentos de cura e tratamentos preventivos.




3 visualizações

BRASIL
Av. Angélica, 688, conj 1001 Higienópolis
São Paulo-SP

brasil@vidiworld.com

Tel: (11) 3663-4242

(11) 3663.2242

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

© 2018 VIDI - Economia Sustentável. 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now