• Vivian Vi

Relações Sueco-Brasileira: uma parceria para o futuro


A Suécia e o Brasil mantêm uma relação profunda e de longa data, e firmaram uma parceria estratégica bilateral formal há mais de dez anos. Essa relação prioriza áreas como diálogo político e cooperação em questões multilaterais, comércio e investimento, defesa, ciência, tecnologia e inovação, meio ambiente, sustentabilidade e questões climáticas, além de cultura e educação. Embora Por|By Johanna Brismar-Skoog* a parceria seja bastante abrangente, a relação entre os dois países se estende ainda mais. Mantemos relações diplomáticas por quase 200 anos, desde 1826. O inovador sueco Lars Magnus Ericsson estabeleceu a primeira companhia telefônica no Brasil em 1891 e mais de 200 empresas suecas já se seguiram, tornando São Paulo a segunda maior cidade industrial da Suécia. Compartilhamos momentos memoráveis na cultura e no esporte. O Brasil conquistou sua primeira medalha de ouro na Copa do Mundo em Estocolmo em 1958, quando o excelente Pelé conquistou nossos corações, ajudando o Brasil a vencer a Suécia por 5 a 2 nas finais. Hoje, estamos orgulhosos de que a seleção brasileira feminina de futebol seja treinada por Pia Sundhage. É claro que a rainha Silvia da Suécia foi criada no Brasil, forjando um elo especial entre nossos países. A Organização Mundial da Infância, que ela fundou, está realizando um trabalho inovador no Brasil e em muitos outros países para aumentar a conscientização sobre a exploração sexual de crianças e garantir sua proteção. Com base nessa história, a relação entre Brasil e Suécia é certamente “construída para o futuro”. O projeto Gripen é talvez o exemplo mais renomado. Em dezembro de 2013, o Brasil anunciou o Gripen NG como seu caça de próxima geração. O contrato entre a SAAB e a Força Aérea Brasileira inclui o desenvolvimento conjunto e a produção de 36 caças Gripen NG, bem como a cooperação industrial e transferência de tecnologia durante um período de dez anos. Essa nova parceria de longo prazo entre a Suécia e o Brasil tem servido de catalisador para muitas outras iniciativas bilaterais. O futuro também faz parte da nossa cooperação em inovação, ciência e tecnologia. Em 2015, o grupo de alto nível da aeronáutica (HLG) foi criado como resultado do projeto Gripen, seguido em 2017 pelo Grupo Gestor de Cooperação Industrial Tecnológica Inovadora (SGI), que agora resultou em cooperação bilateral próspera em áreas como Cidades Inteligentes, Mineração Sustentável, Bio Economia e Ciência da Vida. No espírito do inventor sueco Alfred Nobel, fundador do Prêmio Nobel, acreditamos fortemente que decisões baseadas em ciência, inovação e pesquisa são fundamentais para a construção de sociedades pacíficas e sustentáveis. A cooperação sueca com o Brasil ocorre em todos os níveis – além do governo federal, vemos cooperação com estados, municípios, universidades e pesquisadores individuais, setor privado, organizações da sociedade civil e muitos outros. O intercâmbio de alunos está

crescendo e as redes de ex-alunos estão ativas. Com sua longa presença no Brasil, as empresas suecas demonstraram seu compromisso sustentado com o desenvolvimento do país, liderando em sustentabilidade e inovação, e o Brasil muitas vezes serve como um polo de produção para a América Latina. O interesse em estabelecer negócios no Brasil persiste e novas empresas chegam a cada ano. A Conferência nórdica de CEOs organizada pelo banco SEB em março de 2019 em São Paulo trouxe mais de 120 empresas nórdicas líderes para dois dias de discussões com o vice- -presidente Mourão, o governador Doria e outros representantes brasileiros de destaque.


A Equipe Suécia conta com uma vasta rede de parceiros em todo o país, incluindo consulados, Business Sweden (agência de promoção comercial), Câmara de Comércio Sueca (SwedCham) e CISB (Suécia-Brasil Cooperação em Inovação). A “Semana da Inovação” do ano passado, organizada anualmente pelo Time Suécia, incluiu mais de 40 eventos em 14 cidades em todo o país, mostrando inovação fundamentada no modelo de tríplice hélice. O formato deste ano será baseado em webinars e sessões interativas, dando aos colegas brasileiros e suecos a chance de experimentar soluções inovadoras e interagir com especialistas de ambos os países. Estocolmo foi a cidade-sede da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente Humano em 1972, assim como o Rio vinte anos depois com a Cúpula da Terra do Rio. Vemos um forte e amplo engajamento na sociedade sueca em favor das questões ambientais e climáticas. Agências suecas e autoridades brasileiras têm cooperação técnica bem estabelecida na gestão de resíduos, mapeamento de pisos oceânicos e gestão de resíduos químicos. Como parte dos esforços do governo sueco para cumprir as metas do Acordo de Paris, o marco da política climática de 2017 estabelece altas ambições: zero emissões de gases de efeito estufa na atmosfera até 2045. Assim, as tendências de aumento do desmatamento e outros desenvolvimentos preocupantes na Amazônia preocupam muitos suecos. As principais empresas suecas e fundos de investimento estão examinando seu engajamento no Brasil para garantir que estes atendam aos seus critérios de sustentabilidade. A Suécia é um membro ativo e comprometido da UE. O marco do acordo UE-Mercosul será fundamental para aprofundar a relação entre o Brasil e a UE e aumentar o comércio e o comércio. Também é visto como um importante quadro de sustentabilidade, interligando agendas comerciais e climáticas mutuamente benéficas e auto reforçadas. A UE baseia-se nos valores fundamentais da democracia e dos direitos humanos, principais prioridades para o governo sueco. Como parte do monitoramento global do governo sueco, este ano estamos focando no impacto da pandemia COVID-19 nos direitos humanos. Nesse sentido, nos engajamos com os think tanks brasileiros e a sociedade civil, discutindo os efeitos sobre as mulheres, as populações vulneráveis e a mídia. Olhando para o futuro, a parceria de longa data entre nossos dois países fornece uma base forte. Estamos orgulhosos de nossa história conjunta e acreditamos que nossa cooperação em inovação, ciência, tecnologia nos ajudará a construir um desenvolvimento e prosperidade melhores e sustentáveis a longo prazo para nossos países e o mundo. Esta é uma verdadeira parceria para o futuro


0 visualização0 comentário

BRASIL
Av. Angélica, 688, conj 1001 Higienópolis
São Paulo-SP

brasil@vidiworld.com

Tel: (11) 3663-4242

(11) 3663.2242

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

© 2018 VIDI - Economia Sustentável. 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now